12.7 C
Castro Verde Municipality
Sábado, Julho 13, 2024

Últimas Noticias

DRA do PCP exige que o Aeroporto de Beja seja integrado na rede aeroportuária do país

O PCP, através da Direção Regional do Alentejo, veio a público lembrar que, com o anúncio do novo Aeroporto de Lisboa para Alcochete, “se torna ainda mais evidente a necessidade de o Aeroporto de Beja ser verdadeiramente incluído na rede aeroportuária nacional, nomeadamente para dar resposta imediata às necessidades de transporte de passageiros, com o aproveitamento de todas as suas potencialidades”.

Na mesma nota, pode ler-se que, “só a subserviência aos já de si escandalosos lucros da concessionária Vinci poderão justificar milhões e milhões de despesa pública no alargamento de um Aeroporto que será descativado – O Aeroporto Humberto Delgado – ao invés de se aproveitar, durante a fase de construção do NAL, infraestruturas aeroportuárias já existentes – como é o caso do Aeroporto de Beja – que tem todas as condições para responder às necessidades do expectável acréscimo de tráfego aéreo nos próximos dez anos, sem necessidade de se alargar o Aeroporto Humberto Delgado, bem como afirmar-se, se concretizados alguns investimentos em acessibilidades, como uma importante infraestrutura aeroportuária complementar ao NAL”.

Os comunistas querem que se canalizem verbas “na melhoria, qualificação e aumento de capacidade de receção de passageiros do Aeroporto de Beja, utilizando-se esta infraestrutura como um importante complemento ao Aeroporto Humberto Delgado durante a fase de construção do NAL, e posteriormente a isso ao próprio NAL”, lê-se no comunicado emitido.

A DRA do PCP defende “com caráter de urgência, a conclusão do IP8 na sua totalidade, entre Sines e Vila Verde de Ficalho, conforme definido no Plano Rodoviário Nacional, com duas vias de trânsito em cada sentido e sem portagens e a adjudicação e concretização das obras para a conclusão do IP2 em todo o seu traçado na região Alentejo” e pretende que seja garantida a “adequação das acessibilidades locais ao Aeroporto de Beja a partir do IP8 e do IP2 consentâneas com o desejável aumento do tráfego aéreo e de passageiros”.

Os comunistas querem ainda “a modernização das vias ferroviárias na região Alentejo” bem como “o aproveitamento das potencialidades do transporte ferroviário para o rápido e fiável acesso ao Aeroporto de Beja”.

Latest Posts

Não perder