20.7 C
Castro Verde Municipality
Sexta-feira, Julho 19, 2024

Últimas Noticias

REPORTAGEM ESPECIAL – Castrense Rosa Contreiras homenageada e condecorada no Canadá

A castrense Maria Rosa Contreiras foi homenageada e condecorada, no passado dia 22 de outubro, na Casa do Alentejo, em Toronto, durante a 38ª Semana Cultural daquela Instituição.

A distinção foi entregue pelo Governo Português, pelas mãos do também castrense Joaquim do Rosário, Cônsul de Portugal em Toronto. Foi-lhe entregue (a Rosa Contreiras) a Medalha de Mérito das Comunidades Portuguesas – Grau Ouro.

Rosa Contreiras, tem 86 anos e é natural de Castro Verde. Vive em Toronto, no Canadá, há 49 anos.

Um almoço, entre o final de 1982 e o princípio de 1983, esteve na origem da fundação da Casa do Alentejo em Toronto. À Rádio Castrense e ao Jornal Correio Alentejo,  Rosa Contreiras explicou que havia a ideia de “juntar 30 ou 40 pessoas para um convívio”. Contudo, muita gente se quis juntar e no dia 12 de janeiro de 1983 “estavam 258 alentejanos à mesa, alguns ficaram lá fora porque não havia lugares para se sentarem”.  Rosa Contreiras chegou a presidir à Casa do Alentejo nos primeiros anos da década de 90.

Rosa Contreiras contou-nos na primeira pessoa toda história, passo a passo, da criação da Casa do Alentejo de Toronto, na reportagem que pode ouvir no final da página.

Rosa Contreiras, uma das principais impulsionadoras da Casa do Alentejo de Toronto, mostrou-se visivelmente emocionada, com notável “orgulho em ser alentejana e castrense, sempre com Castro Verde no Coração”.

António José Brito, presidente da Câmara Municipal de Castro Verde, realçou no seu discurso, durante esta homenagem, “estar orgulhoso de uma castrense, que conseguiu construir um projeto que é de todos e que transmite o que é a tradição e aquilo que é o Alentejo de todos nós”. O autarca castrense transmitiu o seu agradecimento a Rosa Contreiras e frisou “ser uma honra ver este reconhecimento ao seu papel fundamental na comunidade portuguesa e alentejana”.

Joaquim do Rosário, Cônsul Geral de Portugal em Toronto, também ele natural de Castro Verde, na sua intervenção, realçou “o papel de muitos portugueses presentes que trabalham em prol da cultura portuguesa”.

“Quis o destino que, 50 anos depois, encontrasse Rosa Contreiras aqui em Toronto e tivesse o privilégio de participar neste momento em que vai ter o reconhecimento que lhe era devido há muito tempo”, disse o Cônsul Joaquim do Rosário.

“Nunca haverá palavras para reconhecer o seu empenho, a sua dedicação e o seu amor a esta casa, por isso, ficar-lhe-emos eternamente gratos”.

Joaquim do Rosário despiu “o casaco de Cônsul” e vestiu “o casaco de alentejano e castrense”, como o próprio disse. No final da sua intervenção lamentou “não ter tido o privilégio de conviver tantos anos com Rosa Contreiras, como os outros alentejanos presentes”.

O Presidente da Casa do Alentejo disse “ser um orgulho muito grande fazer parte da vida desta senhora que é a Maria Rosa Contreiras” e agradeceu tudo o que tem feito pela Casa do Alentejo de Toronto.

Uma noite muito especial, dedicada inteiramente a Castro Verde e sobretudo à figura central da noite, Maria Rosa Contreiras, de 86 anos, residente no Canadá há 49. Esta castrense de gema, dedicou muitos anos da sua vida à Casa do Alentejo, que com tanto amor ajudou a nascer.

A noite terminou em grande com a atuação em palco dos Moços da Viola Campaniça de Castro Verde, que encantaram os presentes.

Ouça a reportagem na íntegra ou descarregue para ouvir mais tarde.

A reportagem é emitida esta quinta-feira, entre as 17h e as 18 horas nos 93.0 FM.

Recorde-se que, o concelho de Castro Verde foi o convidado da 38ª Semana Cultural da Casa do Alentejo de Toronto, no Canadá.

A Rádio Castrense esteve em Reportagem no Canadá a convite do Município de Castro Verde.

Fotos: Carlos Pinto – Correio Alentejo e Nelson Medeiros – Rádio Castrense

Latest Posts

Não perder