20.7 C
Castro Verde Municipality
Sexta-feira, Julho 19, 2024

Últimas Noticias

Castro Verde mostra-se no Canadá: Reportagem Especial abertura da 38ª Semana Cultural da Casa do Alentejo de Toronto

O Município de Castro Verde foi este ano o convidado de Honra da 38.ª Semana Cultural da Casa do Alentejo de Toronto, no Canadá.

A delegação castrense contou com a presença de António José Brito, presidente da Câmara Municipal, Ilda Palminha, presidente da Assembleia Municipal de Castro Verde, Joaquim Rosa, pintor de Castro Verde e com o Grupo Moços da Viola Campaniça, de Castro Verde.

A Casa do Alentejo em Toronto conta com 40 anos de existência e realiza desde os seus primórdios esta semana cultural dedicada à nossa região, que começou com a interpretação dos Hinos Nacionais do Canadá e de Portugal, interpretados por Teresa Vieira Santos.

Na abertura da sessão, no dia 20 de outubro, Jaime Nascimento, presidente da Casa do Alentejo de Toronto, realçou a importância da iniciativa.

Ilda Palminha, presidente da Assembleia Municipal de Castro Verde, no seu discurso, realçou a importância da comunidade portuguesa no Canadá, que supera já os 400 mil.

A Presidente da Assembleia Municipal, destacou o sequenciamento cultural e social que os portugueses trouxeram ao Canadá e enalteceu a realização da Semana Cultural da Casa do Alentejo de Toronto.

António José Brito, presidente da Câmara Municipal de Castro Verde, agradeceu à Casa do Alentejo de Toronto, o convite endereçado ao município para participar na Semana Cultural.

O autarca de Castro Verde realçou ainda a presença dos alentejanos no Canadá e em Toronto em particular, enaltecendo a marca que deixam na comunidade local.

O presidente da Câmara Municipal de Castro Verde, aproveitou a oportunidade para vincar o trabalho desenvolvido por dois castrenses na Casa do Alentejo; Rosa Contreiras e Francisco Pinto, residentes no Canadá e que estão na origem da fundação da Casa do Alentejo. O autarca recordou a “forma como trabalharam em prol da causa ao longo dos anos”.

António José Brito destacou ainda o que tem sido feito em Castro Verde, “na defesa e na valorização da Viola Campaniça”.

No final da sua intervenção, o autarca entregou uma lembrança, em nome do município castrense, a Jaime Nascimento, Presidente da Casa do Alentejo de Toronto, e que assinala a presença do concelho de Castro Verde na 38ª semana cultural da Casa do Alentejo naquela cidade.

No decorrer da Sessão Inaugural foi ainda homenageado Manuel de Brito Fialho, Sócio Fundador número 1 da Casa do Alentejo de Toronto, falecido em dezembro de 2022 e que era natural de Ferreira do Alentejo.

Na época, segundo Jaime Nascimento, presidente da instituição, “cerca de 350 pessoas responderam à chamada, para a Criação da Casa do Alentejo de Toronto, tal como hoje a conhecemos”.

Manuel de Brito Fialho “deixou o seu cunho pessoal em tudo o que se envolveu”. Por essa razão, Jaime Nascimento diz que esta homenagem “peca por tardia”, mas que “é fundamental que se escreva direita a história desta casa de cultura”.

Em conjunto com Paula Brito, viúva de Manuel Brito Fialho, Jaime Nascimento descerrou uma fotografia evocativa, que ficou exposta no restaurante “O Sobreiro”, na Casa do Alentejo.

Na comitiva e Castro Verde, seguiu também o professor e pintor castrense Joaquim Rosa, que levou até Canadá uma exposição com um retrospetiva do seu trabalho.

Joaquim Rosa, explicou que “o trabalho que levou até ao Canadá, “anda à volta sobretudo do Cante Alentejano e da Viola Campaniça, bem como da Feira de Castro.

O pintor castrense referiu que decidiu levar também “dois trabalhos em acrílico, relacionados com a música”. O artista explicou que “no Alentejo foi criado um movimento de artistas chamado IP2N4 ART” e que a sua última exposição “foi sobre música” e por essa razão “quis mostrar estes trabalhos na Casa do Alentejo”.

Tratam-se de obras feitas em desenho que “mostram a cultura alentejana, no fundo um pouco do Alentejo”

Joaquim Rosa ofereceu ainda dois exemplares dos seus trabalhos à Casa do Alentejo de Toronto.

No Canadá, os Moços da Viola Campaniça, cantaram e encantaram os presentes na Semana Cultural da Casa do Alentejo, em Toronto.

À Rádio Castrense, Guilherme Colaço, um dos elementos do grupo, adiantou que “a experiência está a ser muito divertida e interessante” e “enriquece o conhecimento”.

Quanto ao repertório, os Moços da Viola Campaniça prepararam modas conhecidas e outras que vão buscar “ao baú”. Divulgar a Viola Campaniça “ao máximo” é o grande objetivo.

A Rádio Castrense continua a acompanhar a 38º Semana Cultural da Casa do Alentejo de Toronto.

Em próximas reportagens vamos estar à conversa com Maria Rosa Contreiras, natural de Castro Verde e uma das principais impulsionadoras da fundação da Casa do Alentejo em Toronto e que por essa razão foi homenageada no sábado, 21 de outubro e distinguida pelo Cônsul de Portugal em Toronto, Joaquim do Rosário, também ele natural de Castro Verde.

Vamos ainda retratar a vida de alguns alentejanos imigrantes no Canadá e estar à conversa com vários intervenientes na Semana Cultural da Casa do Alentejo de Toronto.

Ouça abaixo a Reportagem / programa Especial na íntegra ou descarregue para ouvir mais tarde.

Pode ouvir ainda na nossa emissão em 93.0 FM nesta sexta-feira, entre as 17h e as 18 horas e no domingo entre as 13h e as 14 horas.

Latest Posts

Não perder