24.7 C
Castro Verde Municipality
Segunda-feira, Junho 24, 2024

Últimas Noticias

Nelson Brito e Pedro do Carmo reuniram com a FAABA

Nelson Brito, Deputado e coordenador do grupo do Partido Socialista na Comissão Parlamentar de Agricultura e Pescas e Pedro do Carmo, na qualidade de candidato do PS ao Parlamento Europeu, reuniram esta segunda-feira, dia 20 de maio, com a direção da Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FABA). 

O encontro, explica o PS, “serviu para estreitar o diálogo e reforçar a colaboração entre os eleitos do PS no Parlamento português e na Europa e os representantes da fileira agrícola do Baixo Alentejo”.

Entre as prioridades da FABA “está a revisão do Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC) para Portugal no período 2023-2027, programa que integra as medidas de apoio para se alcançarem os objetivos específicos da UE para a Política Agrícola Comum (PAC)” sublinham os socialistas. A FABA entregou aos dois representantes do PS um caderno de encargos com vista à revisão deste instrumento financeiro.

“As migrações, o uso da água, as transições energética e ambiental, a agricultura e pecuária extensiva, os circuitos curtos de comercialização de produtos agroalimentares, o mercado voluntário carbónico ou a desburocratização das linhas de apoio através da simplificação de processos administrativos foram outros dos temas abordados na reunião com a FABA”, realça a nota do PS.

Nelson Brito e Pedro do Carmo “comprometeram-se a representar o sector agrícola e a ser a voz dos agricultores do Baixo Alentejo junto do Parlamento português e europeu”. 

No comunicado do PS, pode ler-se ainda quem “os dois representantes do Partido Socialista aproveitaram este encontro para felicitar a organização da 40ª Ovibeja, agradeceram a forma como as diversas delegações do PS foram acolhidas num espaço onde cabe “todo o Alentejo deste mundo” e enalteceram a profunda reflexão em torno do associativismo agrícola ocorrida durante o certame”. 

“É entendimento do Partido Socialista que a região terá muito a ganhar com a aposta que está a ser feita e que deve ser reforçada na área do associativismo entre agricultores, pois só associados e unidos em causas comuns os agentes deste sector conseguirão alcançar maior rentabilidade para os seus negócios, a expansão da comercialização e uma desejada minimização dos custos associados à sua atividade e juntos conseguirão tirar um melhor proveito da investigação científica e do desenvolvimento de novas tecnologias.”, concluem os socialistas.

Latest Posts

Não perder