7.7 C
Castro Verde Municipality
Quinta-feira, Fevereiro 29, 2024

Últimas Noticias

Festa do Cante realiza-se em Serpa e Lisboa a partir deste sábado

De 11 de novembro a 1 de dezembro realiza-se a Festa do Cante, em Serpa e Lisboa, “com o objetivo de comemorar a inscrição do Cante Alentejano na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO”, destaca a autarquia serpense.

Esta “grande festa” destina-se igualmente “a divulgar o Cante Alentejano ao mesmo tempo que promove a partilha, o convívio e a troca de experiências”.

PROGRAMA

Novembro — Rota do Cante

Os grupos corais do concelho de Serpa cantam nas suas freguesias, em datas, horários e locais a divulgar brevemente.   

Dia 11 de novembro, 15h30 – Casa do Alentejo, Lisboa

Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa

Apresentação integrada nas celebrações do Centenário da Casa do Alentejo

Dia 25 de novembro, 19h00 — Cineteatro Municipal, Serpa

Cerimónia Oficial da inscrição do Cante Alentejano na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO: Espetáculo “Humor e Cante”.

O espetáculo da Cerimónia Oficial associa-se ao centenário do nascimento do cartoonista Sam, que se assinala em 2024. Participação dos 11 grupos corais ativos do concelho de Serpa, com interpretação de modas humorísticas.

— Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa

— Rancho Coral e Etnográfico de Vila Nova de São Bento

— Grupo Coral Os Arraianos de Vila Verde de Ficalho

— Rancho Coral e Etnográfico Os Camponeses de Vale de Vargo

— Grupo Coral e Etnográfico Os Camponeses de Pias

— Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de São Bento

— Rancho Coral Feminino Papoilas do Enxoé

— Grupo Coral Feminino Madrigal

— Grupo Coral Feminino Flores do Chança

— Grupo Coral Feminino As Ceifeiras de Pias

— Grupo Coral e Etnográfico da Academia Sénior de Serpa

Dia 1 de dezembro, 17h00 — Cineteatro Municipal, Serpa

Espetáculo “Cantexto”, do projeto Futurama

Cantexto é a fusão das palavras Cante e texto e propõe a colaboração ente grupos corais alentejanos e escritores contemporâneos portugueses. Em 2023, o projeto associa-se à Festa do Cante e apresenta um espetáculo no qual participam os seguintes autores e grupos corais:

— Grupo Coral Feminino As Rosinhas de Santa Clara de Louredo interpreta “Na boca, o coração”, com letra de Joana Bértholo e música de Celina da Piedade e de Ana Santos;

— Grupo Coral Feminino As Ceifeiras de Pias interpreta “Planura nua, vestida de voz”, com letra de Regina Guimarães e música de Celina da Piedade e Ana Santos;

— Rancho Coral e Etnográfico de Vila Nova de São Bento interpreta “Sol que me alegra a vida”, com letra de Ondjaki e letra de Celina da Piedade e Ana Santos;

— Grupo Coral e Etnográfico Os Cardadores da Sete interpreta “Jardim de rosas”, com letra de Isabela Figueiredo e música de Paulo Ribeiro;

— Grupo Coral da Mina de São Domingos interpreta “Moda das flores nas lapelas”, com letra de Afonso Cruz e música de Celina da Piedade e Ana Santos;

— Grupo Coral da Vidigueira interpreta “A palavra foi passando”, com letra de Marta Pais de Oliveira e música de Celina da Piedade e Ana Santos.

Latest Posts

Não perder