14.4 C
Castro Verde Municipality
Sábado, Janeiro 23, 2021

Últimas Noticias

Castro Verde: Biblioteca Municipal lança serviço take-away de empréstimo de livros

Castro Verde: Biblioteca Municipal lança serviço take-away de empréstimo de livros

Castro Verde Somos Nós – compacto – 23 de janeiro de 2021

Castro Verde Somos Nós - compacto - 23 de janeiro de 2021

Castro Verde tem 48 casos de infeção pelo novo Coronavírus

Castro Verde tem 48 casos de infeção pelo novo Coronavírus

Esqueleto em cima do palco “assombrou” discurso de André Ventura em Serpa

Entre protestos e música de Abril e um esqueleto em cima do palco, André Ventura foi recebido na cidade de Serpa de forma pouco amigável.

À sua espera tinha uma manifestação convocada pela comunidade cigana da região.

O candidato apoiado pelo Chega atirou disse “vão é trabalhar” aos manifestantes que o aguardavam e entrou no edifício do Cineteatro Municipal de Serpa.

Um coro de protesto contra o candidato presidencial apoiado pelo CHEGA, entoou a canção de Zeca Afonso, “Grândola Vila Morena” e temas de Sérgio Godinho e Fernando Tordo.

Ao mesmo tempo, eram proferidas palavras como “fascista” ou “25 de abril sempre, fascismo nunca mais”.

Um forte dispositivo policial montado pela GNR instalou-se nas imediações do Cine teatro de Serpa, mas nunca foi necessária a sua intervenção.

Mas o insólito ainda estava para vir. Quando André Ventura discursava em cima do palco do Cineteatro Municipal da cidade alentejana, abriu-se o pano e atrás de Ventura surgiu um esqueleto, que ninguém sabe explicar como lá foi parar. A organização do comício falou em “sabotagem”. André Ventura falou cerca de 8 minutos com o esqueleto atrás de si.

Mas nem isso demoveu o candidato do CHEGA de continuar a falar para a parca audiência que o escutava no interior da sala.

Esqueleto “assombrou” intervenção de André Ventura em Serpa. Foto: Correio da Manhã

Com o discurso em andamento, os sons das buzinas do protesto entoavam sala adentro.

 “Não são Grandolas cantadas lá fora por subsidio-dependentes que nos vão fazer parar a marcha, e até arrisco dizer que vai ser em distritos como Beja que vamos ter um dos melhores resultados a nível nacional” frisou Ventura, não se deixando intimidar.

O candidato às eleições presidenciais destacou que “Beja foi o distrito escolhido para ser o início da caminhada presidencial pela razão que temos insistido: há um país em que metade trabalha para outros não fazerem nada”, afirmou, lamentando “privilégios e regalias injustificados nos últimos 45 anos”.

Os candidatos da esquerda mantiveram-se como os alvos de André Ventura: “Se Marisa Matias abandona a corrida em favor de Ana Gomes, mostra que já fizemos mais do que o que nos tínhamos comprometido. Não destruímos simplesmente o Bloco de Esquerda, arrasámos toda a esquerda e só isso já seria orgulho suficiente para esta candidatura” frisou o presidente do CHEGA.

Foto principal: Nuno Veiga / LUSA

Latest Posts

Castro Verde: Biblioteca Municipal lança serviço take-away de empréstimo de livros

Castro Verde: Biblioteca Municipal lança serviço take-away de empréstimo de livros

Castro Verde Somos Nós – compacto – 23 de janeiro de 2021

Castro Verde Somos Nós - compacto - 23 de janeiro de 2021

Castro Verde tem 48 casos de infeção pelo novo Coronavírus

Castro Verde tem 48 casos de infeção pelo novo Coronavírus

Aljustrel: Vacinação à Covid-19 prosseguiu em Estrutura Residencial para Idosos de São João de Negrilhos

Aljustrel: Vacinação à Covid-19 prosseguiu em Estrutura Residencial para Idosos de São João de Negrilhos

Não perder

Câmara de Almodôvar congratula-se com encerramento dos estabelecimentos de ensino

Câmara de Almodôvar congratula-se com encerramento dos estabelecimentos de ensino

Ourique com 86 casos ativos de COVID-19

O concelho de Ourique tem, neste momento, 86 casos ativos de COVID-19. Segundo a autarquia, desde o início da pandemia, já se verificaram 159 casos....

O NERBE defende apoios “imediatos” às empresas

O NERBE defende apoios “imediatos” às empresas

NOTICIÁRIO – SABADO 23 JANEIRO 2021

NOTICIÁRIO - SABADO 23 JANEIRO 2021

“O sector agrícola está a viver momentos muito complicados” diz a ACOS

"O sector agrícola está a viver momentos muito complicados" diz a ACOS

Newsletter

Recebe toda a informação na tua caixa de correio, subscreve a newsletter.