Quarta-feira, Agosto 5, 2020
25 C
Castro Verde Municipality
More

    Últimas Noticias

    MUNICÍPIO DE VIDIGUEIRA CRIA PERCURSOS PEDESTRES

    MUNICÍPIO DE VIDIGUEIRA CRIA PERCURSOS PEDESTRES

    Ourique – Recuperação de Coruja-do-mato

    Ourique – Recuperação de Coruja-do-mato

    GNR Beja Atividade operacional semanal

    GNR Beja Atividade operacional semanal

    Castro Verde: Incêndio dominado durante a madrugada – Para trás deixou cinco feridos e uma vasta área ardida

    O incêndio que começou a lavrar pouco depois das 17 horas desta segunda-feira, foi dominado esta madrugada.

    Segundo a Proteção Civil, “o fogo foi dominado cerca das 02h22 da madrugada desta terça-feira; vamos agora fazer o rescaldo e ficar em vigilância, pois é uma área muito grande” referiu o comandante dos Bombeiros de Castro Verde.

    Recorde-se que, este incêndio provocou cinco feridos. Dois bombeiros da corporação de Cuba, que ficaram com queimaduras graves e que tiveram que ser helitransportados, um para o Hospital de Santa Maria e outro para o Hospital de São José, em Lisboa e ainda dois feridos ligeiros, um dos Bombeiros de Castro Verde e outro de Ferreira do Alentejo e que foram assistidos no local.

    Fonte dos bombeiros confirma mais tarde, a existência de um quinto ferido leve, dos Bombeiros Voluntários de Alvito, que foi assistido no Centro de Saúde de Castro Verde.

    Às onze da noite, o fogo chegou mesmo a mobilizar 165 operacionais, apoiados por 60 viaturas. Ainda durante a tarde de ontem, estiveram no combate às chamas três meios aéreos.

    A Estrada Nacional 2 foi mesmo cortada, entre Castro Verde e o Carregueiro. O IP2, que liga Beja a Castro Verde também foi cortado, junto à vila de Entradas, local onde aterrou o helicóptero do INEM. A via esteve interrompida cerca de três horas.

    Feridos tiveram que ser transportados de Heicóptero para Lisboa – Foto: CMTV

    Este foi um incêndio de grandes dimensões, para o qual o alerta foi dado às 17h07. Começou junto à Lagoa da Mó, próximo de Casével e rapidamente ganhou força, consumindo vastas áreas de pasto e restolho.

    De acordo com António José Brito, “o fogo atravessou praticamente todo o concelho”. O presidente da Câmara de Castro Verde atribui “ao vento que se fazia sentir, a rápida propagação das chamas”.

    “Incêndio atravessou praticamente todo o concelho de Castro Verde” referiu António José Brito
    Foto: António Castilho

    O autarca de Castro Verde lamenta que “o coração da Reserva da Biosfera tenha sido atingido” e lamenta igualmente que o fogo “tenha causado ferimentos a bombeiros”, aos quais deseja votos de “rápida recuperação”. António José Brito agradece igualmente “a todas as corporações de Bombeiros que estiveram no terreno no combate ao incêndio”.

    Leia também: https://radiocastrense.pt/castro-verde-incendio-que-causou-4-bombeiros-feridos-continua-com-uma-frente-ativa/

    Latest Posts

    MUNICÍPIO DE VIDIGUEIRA CRIA PERCURSOS PEDESTRES

    MUNICÍPIO DE VIDIGUEIRA CRIA PERCURSOS PEDESTRES

    Ourique – Recuperação de Coruja-do-mato

    Ourique – Recuperação de Coruja-do-mato

    GNR Beja Atividade operacional semanal

    GNR Beja Atividade operacional semanal

    Ourique defende projetos na audição pública sobre o Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020-2030

    Ourique defende projetos na audição pública sobre o Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020-2030

    Não perder

    “O PS vai defender as suas convicções, ideias e projectos, sem populismos” anuncia Nélson Brito

    “O PS vai defender as suas convicções, ideias e projectos, sem populismos” anuncia Nélson Brito

    “Alqueva irá causar danos ambientais nefastos” lamenta a Associação Ambiental ZERO

    “Alqueva irá causar danos ambientais nefastos” lamenta a Associação Ambiental ZERO

    Noticiário – 4 Agosto de 2020

    Noticiário - 4 Agosto de 2020

    Abutre-preto da Herdade da Contenda em Moura já tem nome

    Abutre-preto da Herdade da Contenda em Moura já tem nome

    “Algumas práticas agrícolas está a matar o campo” denuncia o professor João Grosso

    “Algumas práticas agrícolas está a matar o campo” denuncia o professor João Grosso

    Newsletter

    Recebe toda a informação na tua caixa de correio, subscreve a newsletter.