21.7 C
Castro Verde Municipality
Quarta-feira, Abril 24, 2024

Últimas Noticias

ASAE apreendeu 73 aves exóticas em Aljustrel e desmantelou estabelecimento não licenciado para esta atividade

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou, na passada semana, através da Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional de Évora, uma ação de fiscalização direcionada à proteção do comércio de espécimes que estão protegidas pela Convenção CITES – Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção e no âmbito de diligências de Inquérito Judicial sobre comércio de aves exóticas.

Desta ação de fiscalização “resultou o desmantelamento de um local não licenciado, em Aljustrel, que estava acoplado a um estabelecimento comercial, com acesso dissimulado o que impedia uma entrada normal de clientes e onde se procedia à venda ilícita de aves exóticas”, detalha a ASAE em comunicado.

Como resultado desta ação, “foi instaurado um processo-crime por danos contra a natureza, por suspeita de venda ilegal de espécimes protegidas da fauna ou da flora selvagem sem o respetivo certificado CITES”.

A ASAE avança que “foram apreendidas 73 aves exóticas, das espécies dos periquitos-australianos (Melospssittacus Undulatus), caturras (Nymphicus Hollandicus) e papagaios (Psittacula Krameri), com um valor global estimado de 1.700,00 Euros”.

A ASAE garante que “irá continuar a promover ações de fiscalização direcionadas ao comércio de espécimes que estão protegidas ambientalmente pela Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção (CITES), realizando ações de investigação e de fiscalização para combater o comércio ilegal de vida selvagem e os crimes conexos praticados, especialmente sobre a fauna e flora, sendo uma das autoridades nacionais com competência na fiscalização e em particular, no comércio de mais de 30.000 espécies protegidas ao abrigo da convenção CITES”.

Latest Posts

Não perder