32.7 C
Castro Verde Municipality
Segunda-feira, Junho 24, 2024

Últimas Noticias

Avó levou neta do Hospital de Beja sem autorização e acabou detida pela PSP

Segundo adiantou a Lusa, uma avó retirou sem autorização a neta do hospital de Beja, esta sexta-feira, mas foi encontrada “cerca de meia hora depois” pela PSP e foi detida, tendo a bebé sido devolvida à unidade hospitalar, foi hoje revelado.

Fonte do gabinete de comunicação da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), a que pertence o hospital de Beja, explicou à agência Lusa que a bebé “estava internada no serviço de Pediatria” daquela unidade, de onde foi “levada pela avó”.

“Trata-se do caso de uma bebé já sinalizado pela polícia e pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens [CPCJ]. A criança estava internada e a avó era quem tinha autorização para estar com ela”, disse a mesma fonte.

Contudo, a mulher “violou a pulseira de segurança” usada pela menor “e saiu do serviço com a neta”, relatou.

“Deixou lá a pulseira, evitando que o alarme disparasse e retirou-a do serviço. Assim que o serviço detetou o caso, as autoridades foram logo alertadas, a mulher foi intercetada e a criança foi devolvida ao hospital, de boa saúde”, disse a fonte da ULSBA.

Segundo a unidade local de saúde, a avó terá levado a neta “ao final da tarde”, mas, após a intervenção policial, “à noite a menor já estava no hospital”.

Contactada pela Lusa, fonte do Comando Distrital de Beja da PSP afiançou que, mal o hospital comunicou esta situação, a polícia “iniciou diligências e conseguiu encontrar a senhora meia hora depois”.

“Foi encontrada em Beja e devolvemos a criança ao hospital”, disse a fonte policial, indicando que a mulher foi detida a presente hoje ao Tribunal Judicial de Moura.

Uma outra fonte policial, contactada pela Lusa, acrescentou que, após ser presente a tribunal, a mulher foi libertada com as medidas de coação de termo de identidade e residência e proibição de contacto e aproximação da criança.

De acordo com a ULSBA, nesta situação, “o hospital acionou todas as normas de segurança correspondentes e cumpriu todos os protocolos de segurança”.

Fonte: Lusa

Latest Posts

Não perder